(Por Guilherme Gimenez)

Jesus é uma pessoa, não um conceito. A Bíblia não fala de uma ideia mas sim de um personagem que viveu entre nós, pisou no nosso chão, comeu da nossa comida e suou o nosso suor. Seguir a Jesus, portanto, é seguir uma pessoa. Seu exemplo pode ser repetido. Seu modo de vida pode servir de exemplo para nós. Seguir a Jesus, portanto, é coisa que se faz não dentro de uma sala de aula mas sim no dia a dia, no cotidiano. Na prática  o seguir a Jesus seria repetir hoje o que Jesus Cristo fez na época em que viveu. Vivemos em uma sociedade diferente mas o exemplo de Jesus serve para todas as gerações que até aqui existiram e todas que existirão no futuro. Sigamos a Jesus: imitemo-lo sempre! “Sede meus imitadores, como eu o sou de Cristo! Reverência na adoração” (1 Coríntios 11:1)

5+