LIDERANÇA E ESPIRITUALIDADE

Guilherme Gimenez: Pastor, Professor, Teólogo e Maratonista

Autor: Guilherme Gimenez (page 1 of 4)

MAIS CORAGEM DE ACERTAR DO QUE MEDO DE ERRAR

Por Guilherme Gimenez (prgimenez@prgimenez.net)

Um dos melhores livros que li nesse final de ano foi A Coragem Para Liderar de Brené Brown (Editora Best Seller. 2019). Poderia citar vários aspectos do livro, mas prefiro repetir uma frase que me marcou logo no início da leitura: “precisamos de líderes mais destemidos e culturas mais corajosas” (Página 24). Ao ler isso minha mente ferveu em ideias. Comecei a pensar nos desdobramentos de uma cultura de coragem e de um perfil de liderança destemido. E, entre uma ideia e outra, construí minha própria frase, como que um resumo das ideias que iam vindo: “Para ser um líder destemido eu preciso incentivar uma cultura nova onde tentativa e erro sejam permitidos a partir de mim mesmo”. Para mim a coragem de liderar esbarra exatamente nisso: tentativa e erro. Confesso que muitas vezes eu desisti de algum projeto por medo de tentar e errar. Aliás, o medo de errar sempre foi um entrave para mim, talvez porque na escola antiga de administração fui advertido que um líder não pode errar. Que ao errar um líder perde a credibilidade. Que um pequeno erro pode inviabilizar uma carreira toda. Realmente esse foi um pensamento que dominou uma geração de líderes. E, pensando dessa forma, muitas tentativas foram deixadas de lado porque a possibilidade do erro era grande…, mas a do acerto também. Com medo de errar não tentávamos o acerto.

              Já tem um tempo que mudei radicalmente meu pensamento sobre tentativa e erro. Na verdade, comecei a tentar mais, e com isso errei mais também, mas também acertei mais. A tentativa se tornou para mim uma representação corajosa de quem deseja acertar mais do que tem medo de fracassar. E é exatamente essa a cultura que creio devemos incentivar em nossas comunidades, organizações e equipes. O medo do erro deve ser menor do que a coragem do acerto. Quanto mais temor de errar, menos tentativas. Quanto mais coragem de acertar, mais tentativas. Uma cultura que aceita tentativas deverá criar um ambiente onde não haja um massacre psicológico sobre quem tentou e errou, mas sim um incentivo e avaliação honesta que leve as pessoas a aprenderem com seus erros e tentarem de novo.  

              Ser um líder destemido é ter a coragem de tentar querendo muito acertar. É ter a coragem de perseguir o acerto, ainda que ele demande uma série de tentativas e algumas delas que resultarão em fracasso. É ter a coragem de avaliar, crescer nos erros e finalmente chegar até aos acertos. Que a coragem do acerto nos faça seguir em frente mesmo quando o fracasso chegar e que nele tenhamos apenas a reflexão necessária para corrigir o que for necessário e tentar de novo até o acerto!

Guilherme de Amorim Avilla Gimenez – 14/11/2019

0

Pensamentos Rápidos com Guilherme Gimenez – Permita-se o novo

Um lugar novo… uma situação nova… uma experiência nova… O novo pode inaugurar uma situação nova em sua vida. Permita-se o novo.

1+

Passeio de bike… De Santana até o final da Avenida Sumaré. 22km

Dia de folga… dia de passeio de bike por Sampa. Não foi um passeio tão longo, apenas 22km mas valeu a pena. Saí de Santana, Zona Norte de São Paulo, e fui até o final da Avenida Sumaré. Utilizei apenas ciclovias ou ciclofaixas. Descida da Avenida Sumaré de Bike é sensacional, emoção única, uma delícia… Aos poucos estou aprendendo a andar de bike. Confira a aventura…

Passeio de bike por Sampa
0

MENSAGEM DO DIA

8 ATITUDES PARA VENCER A PREOCUPAÇÃO
(Por Guilherme Gimenez)

SÉTIMA ATITUDE PARA VENCER A PREOCUPAÇÃO: COMPARTILHE

Compartilhe seus sentimentos com algumas pessoas queridas. Peça a elas que orem com você e por você. Não enfrente suas preocupações sozinho. Lembre-se de que até Jesus Cristo chamou alguns de seus discípulos e compartilhou com eles a sua angústia. Ao compartilharmos nós tiramos um peso de nossos ombros, nós repartimos a carga emocional tão pesada e, de repente, nosso fardo vai ficando mais leve e nossa preocupação vão tomando proporções cada vez menores. Chame essas pessoas queridas e diga o que o aflige. E, toda vez que a preocupação vier com intensidade, diga a essas mesmas pessoas que você continua precisando de oração. Nesse processo vale a pena marcar alguns encontros de oração. Ouvir as pessoas orando por nós é uma grande bênção. E, receber um abraço e ouvir algo do tipo “estou orando por você” é um santo remédio para diminuir nossas preocupações.

(Adaptado de Lucado, Max. Bom dia – leituras diárias com Max Lucado . Editora Mundo Cristão. Edição do Kindle.)

9+

Chegando Pertinho da Serra do Rio do Rastro (29/08/2019)

Já saí de Floripa e cheguei em Sangão, local de onde iremos para a Serra do Rio do Rastro. Daqui até o começo da Serra são cerca de 40 quilômetros. O hotel Coral Palace está cheio de corredores que como eu estão ansiosos para o sábado chegar!

Guilherme Gimenez na Serra do Rio do Rastro
2+

Serra do Rio do Rastro… estou chegando…

Primeiro dia da aventura MIZUNO UPHILL MARATHON… viagem de Sampa para Floripa… até aqui tudo ok… hoje é 28 de Agosto de 2019… faltam 2 dias…

1+

Pensamentos Rápidos: Nem Sempre O Sol Esquenta o Dia

Hoje saí para correr esperando por um dia bem quente, afinal, o sol estava brilhando com toda a intensidade… me enganei… O sol de inverno não esquenta… Ainda bem que correndo eu esquentei… e fiquei pensando em quantos dias que aparentemente tudo dará certo mas a realidade é bem outra… Sobre esse tema é o “Pensamentos Rápidos” de hoje…

Pensamentos Rápidos
7+

Pensamentos Rápidos: Recomeçar é difícil, mas possível

Essa semana eu comecei a correr em velocidade e ritmo bem baixos, como um iniciante. E o pensamento que ocupou minha mente é que os recomeços são difíceis, porém possíveis. Recomeçar é uma experiência que também nos ensina sobre o perigo de desistirmos de algo ou de abandonarmos aquilo que depois será bem difícil retomar.

Pensamentos Rápidos com Guilherme Gimenez
9+

Mensagem: “Não Saber Esperar Pode Acabar com o Amor”

Esperar é um desafio para todos nós, principalmente quando somos tomados por uma angústia por termos que aguardar aquilo que para nós já deveria ter acontecido. Hoje a mensagem da Série História de Amor trata exatamente disso. Preguei essa mensagem no dia 04 de agosto de 2019 às 18:00 horas na Igreja Batista Betel.

Não Saber Esperar Pode Acabar com o Amor
7+

QUANDO O PEQUENO SE TORNA GRANDE DEMAIS

“Não nos deixemos perturbar por ninharias, que devemos desprezar e esquecer. Lembre-se: a vida é muito curta para sermos mesquinhos”. (Dale Carnegie)

“Ele passou por mim e não me cumprimentou”

“Ela não retornou aquela ligação”

“Eles não me deram atenção naquele episódio”

Por trás de cada frase um pequeno gesto e um grande sentimento. Grandes mágoas são originadas muitas vezes por pequenas atitudes. Quem faz – ou deixa de fazer – às vezes nem percebe o quanto o outro ficou triste, sentido, magoado ou furioso. E às vezes nem ficará sabendo que o motivo do afastamento do outro foi exatamente aquela pequena coisa. É claro que todos nós precisamos estar atentos aos pequenos detalhes no sentido de não querermos magoar o outro. Mas, também precisamos ser maduros para não transformar a pequena coisa em algo muito maior do que de fato é. As coisas nem sempre são grandes, mas se tornam grandes: tudo depende de como a recebemos e do investimento de sentimentos que damos a elas.

Pequenas coisas são capazes de nos perturbar, nos inquietar e até nos paralisar. Lembramos de algo pequeno com uma grandeza tal que somos capazes de viver amargurados por um longo período. E o pior é que a atenção que damos às pequenas coisas por vezes passa despercebida por aquele que cometeu o pequeno gesto, e nem sabe o quanto aquilo nos perturbou. Deixamos de viver a vida em sua grandeza porque elegemos algo pequeno para interromper nossos sonhos e planos de futuro.

O pequeno gesto destrutivo deveria ser amenizado e esquecido e não fortalecido e aumentado. Mas nossos sentimentos não são automáticos e nem fáceis de lidar, não é mesmo? Não queremos que uma pequena coisa nos destrua, mas ficamos tão chateados com aquilo que permitimos que tal fato aconteça. O que fazer para não permitir que o pequeno se torne grande? A resposta não é pronta, cada um deverá usar sua estratégia pessoal, mas em todos os casos precisaremos aprender a não valorizar tanto o pequeno mal, mantendo-nos firmes em nossos sonhos e planos, e dando a eles a grandeza que fará o pequeno mal praticamente desaparecer.

Não aumente o pequeno mal. Não potencialize o pequeno gesto desagradável. Não eleja o pequeno problema como o maior evento dos últimos tempos. “Invista seus sentimentos no que é verdadeiro, nobre e direito. Pense em coisas que sejam puras e agradáveis e detenha-se nas coisas excelentes” (Filipenses 4:8 – Biblia Viva).

12+
« Older posts