Guilherme Gimenez: Pastor, Professor, Teólogo e Maratonista

Mês: julho 2020 (Page 1 of 3)

HÁ PESSOAS SOFRENDO AGORA…

(Por Guilherme Gimenez)

Sim, há pessoas sofrendo nesse exato momento. Há pessoas chorando por entes queridos que se foram. Há pessoas sem saber como pagarão as contas do mês. Há pessoas dando entrada na emergência de hospitais. Há pessoas cujas famílias estão vivenciando momentos terríveis. O sofrimento está entre nós de maneiras e intensidades diferentes. Por esse motivo a Bíblia nos desafia a ajudarmos as pessoas que sofrem: “ Sejam cheios de compaixão uns pelos outros. Amem uns aos outros como irmãos. Mostrem misericórdia e humildade” (1 Pedro 3:8b).  Há pessoas nesse momento que precisam de uma palavra de encorajamento, de uma oferta financeira, de um conselho com sabedoria e de uma manifestação genuína de nossa preocupação. Lembre-se sempre: pessoas estão sofrendo agora e nós podemos ser alívio a elas. Como, nós também podemos estar em sofrimento e por certo receber o alívio de outros se tornará fundamental para nossa experiência de sofrimento também.

11+

O PERIGO DA PRECIPITAÇÃO

(Por Guilherme Gimenez)

Muitas pessoas são vencidas pela sua ansiedade e tomam atitudes precipitadas. Decidem rápido demais e cometem erros até grosseiros. A ansiedade nos leva a errarmos mais, nos leva a decidirmos sem consideramos uma série de aspectos. A ansiedade é como uma arma carregada, está pronta a disparar e isso é um grande perigo. Em momentos de crise temos a tendência de vivenciar a ansiedade com mais força. Então, precisamos ser cautelosos pois estaremos mais suscetíveis ao erro. Siga a orientação expressa em Atos 19:36b quando diz: ““acalmem-se e não façam nada precipitadamente” (NVT). Precisa tomar uma importante decisão? Cuidado para que sua ansiedade não o leve a decidir rapidamente sem considerar todas as possibilidades que estão diante de você. Acalme-se. É melhor aguardar um pouquinho mais e pensar melhor do que ser vencido pela ansiedade e decidir rápido demais.

14+

ADMITINDO SEUS LIMITES

(Por Guilherme Gimenez)

É muito difícil admitir que não sabemos fazer algo, que não temos dinheiro para adquirir determinado bem ou que não conseguimos atingir determinado objetivo. Mas, muitas e muitas vezes essa é a verdade. Essa é a dura verdade de que temos limites em todas as áreas, não somos super heróis, não conseguimos fazer tudo o que queremos e precisamos. Podemos até ultrapassar alguns limites, mas não todos. O que fazer diante de nossos limites? Admiti-los já é uma boa coisa. Foi isso que Josafá fez diante da sua limitação em vencer um poderoso inimigo: “Não temos forças para lutar com esse exército imenso que está prestes a nos atacar. Não sabemos o que fazer, mas esperamos o socorro que vem de ti” (2 Crônicas 20:12). Admitir os limites pessoais é mais sábio do que negligencia-los ou mesmo nega-los. Não ter forças e não saber o que fazer pode ser na realidade a oportunidade para esperar mais em Deus e pedir intensamente a direção dele. Admita seus limites e peça ajuda a Deus.

10+

PARA ONDE O MEDO ESTÁ TE LEVANDO?

(Por Guilherme Gimenez)

Há muitas histórias de pessoas que fugiram quando foram dominadas pelo medo. Já conversei com moradores de rua que tinham medo de retornar para casa depois de terem criado uma situação desconfortável para a família. Preferiam viver naquela condição deplorável do que pedir perdão e encarar seus familiares. Já li bilhetes de suicidas que preferiram a morte do que encarar alguma situação que os atemorizava. O medo leva muitas pessoas a fugir e talvez você seja uma delas. Você está fugindo nesse momento? Josafá, um personagem Bíblico, sentiu medo quando ficou sabendo que um grande exército viria atacar seu povo. Sua reação diante do medo é muito didática: “Josafá ficou amedrontado com essa notícia e pediu orientação ao Senhor. Ordenou um jejum em todo o Judá” (2Crônicas 20:3). Diante do medo Josafá pediu orientação a Deus. E, enquanto não sabia o que fazer, dedicou-se à oração e jejum. O medo o levou para mais perto de Deus. E isso pode acontecer comigo e com você também. Está com medo? Aproxime-se de Deus, peça a ajuda a Ele e aproveite esse período para orar e se fortalecer no Senhor.

7+

SAÍDAS DIFERENTES?

(Por Guilherme Gimenez)

Bem no meio de uma festa de casamento fomos surpreendidos com um alarme de incêndio que fez todos entrarem em alvoroço. A brigada de incêndio apareceu e começou a ajudar as pessoas a utilizarem as saídas de emergência, e uma delas foi por onde saí. Depois de alguns minutos fomos convidados para retornar à festa pois o alarme disparou sem qualquer ameaça de incêndio. Tentei retornar pela mesma porta mas ela estava trancada, só abria por dentro. Então, fui obrigado a retornar pela porta por onde entrara na salão de festas pela primeira vez. Essa experiência se transformou em uma analogia para minha vida. Diante de algumas situações difíceis nós tentamos vários tipos de solução, algumas que aparentemente são corretas (como entrar pela mesma porta por onde saímos), mas que se mostram totalmente equivocadas. Nem todas as “saídas” são viáveis e até mesmo possíveis. Então, caso sua tentativa de solução de um problema esteja esbarrando em uma porta fechada, não perca seu tempo insistindo e sim tente outra porta. Peça o discernimento a Deus, e lembre-se que a porta que Deus abrir, essa ninguém poderá fechar: “eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar”(Apocalipse 3:8b)

8+

E SE EXISTIR UM PLANO MUITO MELHOR QUE O SEU?

(Por Guilherme Gimenez)

Você já cogitou a possibilidade de existirem planos melhores que os seus? Vamos imaginar uma situação: você investiu um tempo enorme se planejando, estudou, se esforçou e chegou a um planejamento de futuro. Aí alguém chega e em 5 minutos, depois de ouvir seu plano, apresenta algo muito melhor, e que faz seus olhos brilharem… Agora você precisa tomar uma decisão: executar o seu plano, no qual investiu tanto, ou simplesmente se render e aceitar o plano que lhe foi mostrado. Qual é a sua decisão? Conheço muita gente que continuará com seu planejamento, afinal, seria para eles vergonhoso admitir que seu plano não era tão bom assim. Mas também conheço outros que rapidamente abandonarão seu planejamento e aceitarão a sugestão recebida. Faço parte desse segundo grupo de pessoas. Não importa o tempo que investi ou o quanto me dediquei. Quero o melhor para o futuro. A Bíblia traz uma possibilidade muito parecida com essa dinâmica que estamos conversando: “porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o Senhor” (Isaías 55:8). Nesse texto Deus nos coloca diante da possibilidade dos planos Dele serem diferentes dos nossos. E, nesse caso, eu opto imediatamente pelos planos de Deus, pois sei que sempre eles serão melhores que os meus. Que tenhamos a humildade de aceitar os melhores planos para nosso futuro, ainda que não sejam aqueles que estavam em nossa mente e coração.

12+

PLANOS MEIA BOCA

(Por Guilherme Gimenez)

Entrou para o nosso vocabulário a expressão “meia-boca”. Ela indica aquilo que é intermediário, nem bom e nem ruim. Substituiu a palavra “medíocre” que significa a mesma coisa. Há pessoas que adotaram para a vida a filosofia da “meia boca.” Se vão realizar algo, não pensam no que é melhor mas sim em fazer “de qualquer jeito.” Isso porque, na grande maioria das vezes o melhor dá mais trabalho, exige mais e nos obriga a termos uma disciplina muito maior da vida. Planos “meia boca” não são recomendados pela Bíblia. Veja o que lemos em Provérbios 21:5: “Os planos bem elaborados levam à fartura; mas o apressado sempre acaba na miséria”. A ideia de ‘bem elaborado’ traz aquela preocupação em fazer o que é melhor, em pensar nos detalhes e em executar o que existe de melhor. Nada de planos fáceis. Nada de fazer o que exige menos esforço. Faça planos de futuro que valham a pena, que lhe exijam disciplina, investimento e esforço. Fujamos da mediocridade e sigamos em direção à excelência.

9+

DISCERNIMENTO

(Por Guilherme Gimenez)

Discernir é a arte de tomar a decisão certa diante de várias possibilidades. É a capacidade de compreender situações, de separar o certo do errado. É a condição de  avaliar as coisas com bom senso e clareza. Discernimento é algo que se constrói, e em alguns momentos da vida teremos grande dificuldade em discernir, pois estaremos com nosso juízo afetado por problemas, crises pessoais ou mesmo estaremos despreparados em determinada área. A Bíblia diz que “todos os caminhos do homem lhe parecem puros, mas o Senhor avalia o espírito” (Provérbios 16:2). Que grande verdade temos nesse verso. Em alguns momentos da vida tudo nos parece certo, direito, bom… e nesses momentos precisamos da ajuda divina para termos o discernimento, esclarecermos nosso próprio coração e tomarmos a decisão correta. O desenvolvimento do discernimento inicia com o quebrantamento pessoal e a humildade de admitir que precisamos de ajuda, e ninguém melhor do que Deus para aquietarmos o nosso coração e nos dar clareza em relação ao que é melhor diante de tantas possibilidades.

7+

O QUE É O MELHOR PARA MEU FUTURO

(Por Guilherme Gimenez)

Quando olhamos para o futuro ficamos diante de uma série de possibilidades. E muitas delas são boas, o que nos deixa com a responsabilidade de decidir entre uma ou outra. Entre o bom e o melhor. E é aí que somos traídos por nosso perfil emocional que acaba se inclinando para algo que lá no fundo está mais adequado ao nosso perfil mas que necessariamente nem é o melhor para nossa vida. O melhor para o nosso futuro nem sempre é aquilo com o que me sinto mais confortável. E nem aquilo que me alegra mais nesse momento. O melhor para o meu futuro depende  de outros elementos como possibilidades reais, planos bem feitos e sobretudo uma direção clara que venha do Senhor. A Bíblia diz que “muitos propósitos há no coração do homem, mas o conselho do Senhor permanecerá” (Provérbios 19:21). De fato há muita coisa em nosso coração. Muitos planos em nossa mente. Precisamos de ajuda de Deus para discernir o que de fato é melhor, e como iremos desenvolver um plano de futuro que seja de fato adequado ao nosso futuro. Ouça a voz de Deus e tome as melhores decisões para o seu futuro.

8+

INCLUA DEUS NO SEU PLANEJAMENTO

(Por Guilherme Gimenez)

Quando você pensa no futuro, quais são as ferramentas utilizadas para ajuda-lo no planejamento? Você recorre a prognósticos publicados em periódicos, conversa com algum profissional de determinada área, faz uma análise do que está acontecendo no mundo, enfim, quais são os itens utilizados para ajuda-lo a ter uma percepção e então preparar seu planejamento? Por certo você busca ajuda ao fazer um planejamento, e de fato deve fazer isso. Mas, você inclui Deus no seu planejamento? Ora? Busca na Bíblia orientações relacionadas ao que pretende realizar? Pensa em como seu planejamento honrará o nome de Deus e será abençoador para outras pessoas? A Bíblia diz que “O coração do homem considera o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos” (Provérbios 16:9). Na prática isso significa que sem Deus corremos o risco de fazer um planejamento totalmente equivocado. Antes e para que isso não aconteça é melhor incluir Deus no planejamento e de coração aberto perguntar a Ele em oração: “estou certo quanto ao que pretendo realizar no futuro?”

11+
« Older posts