LIDERANÇA E ESPIRITUALIDADE

Guilherme Gimenez: Pastor, Professor, Teólogo e Maratonista

Categoria: artigos (page 1 of 7)

“DICAS PARA UMA BOA CONVIVÊNCIA”

Dica 3 – Aprenda a perdoar todos os dias (Por Guilherme Gimenez)

Se você não gosta de perdoar, então por certo nunca terá uma boa convivência. Andar com alguém traz sempre o risco de ser ferido e magoado e daí a necessidade do perdão. Mas também existe um outro risco: o de perceber que o outro não é perfeito (como nós também não somos). No caminho da imperfeição humana o perdão é a única possibilidade de nutrir relacionamentos que mesmo passando pelas mágoas e feridas são reconstruídos e encontram condições de continuar. Lembre-se de Colossenses 3:13 – “Sejam compreensivos uns com os outros e perdoem quem os ofender. Lembrem-se de que o Senhor os perdoou, de modo que vocês também devem perdoar”.

2+

“DICAS PARA UMA BOA CONVIVÊNCIA”

Dica 2 – Aprenda a somar (Por Guilherme Gimenez)

Na prática, aprender a somar é ajudar o outro, contribuindo para que ele atinja seus objetivos, se torne uma pessoa melhor e junto a você viva mais fortalecido e feliz. Aprender a somar diz respeito a abrir mão de algo em benefício do outro, buscando sempre uma maneira de ‘somar’ e nunca ‘dividir.’ A Bíblia diz em Mateus 12:25 – “Todo reino dividido internamente está condenado à ruína. Uma cidade ou família dividida contra si mesma se desintegrará”. A boa convivência só acontece quando pessoas contribuem umas com as outras. Elas constroem várias coisas juntas e por somarem uma à outra vão partilhando a vidas fortalecidas mutuamente.

2+

“DICAS PARA UMA BOA CONVIVÊNCIA”

Dica 1 – Encontre um caminho comum (Por Guilherme Gimenez)

Relacionamentos podem ser comparados a duas pessoas que resolvem trilhar o mesmo caminho. Individualmente talvez fossem por caminhos diferentes, mas tendo decidido se relacionar, agora caminham juntas, e fazem isso porque querem trilhar o mesmo caminho. A Bíblia faz uma pergunta crucial que serve de modo direto para os relacionamentos: “Acaso duas pessoas podem andar juntas se não estiverem de acordo?” (Amós 3:3). Se relacionar é entrar em acordo, é buscar um caminho comum para seguir em frente na vida, não sozinho, mas sim ao lado de alguém. Deseja construir uma boa convivência? Então encontre um caminho comum e siga lado a lado com a pessoa com quem deseja partilhar a vida.

2+

“LIÇÕES APRENDIDAS COM O CORONAVIRUS”

*Lição  11 – Obedeça e pronto

Há pessoas que tem uma dificuldade natural para obedecer a qualquer ordem. Elas se sentem sempre ofendidas quando alguém lhes impõe uma regra. E são essas as pessoas que mais estão sofrendo diante das imposições que o COVID-19 trouxe a todos nós. Tenho visto pessoas desafiando as regras, se colocando acima delas e dizendo que não obedecerão. Tais pessoas, como é seu costume, estão conjecturando, discutindo e mostrando sua incapacidade de simplesmente obedecer. Se há uma regra, simplesmente obedeça. É assim que um cristão age, se submete à autoridade e obedece. A única exceção é quando uma regra fere à Lei perfeita de Deus expressa na Bíblia. Mas, pelo visto, vivemos dias em que as regras impostas não estão em desacordo com a Bíblia, pelo contrário, são favoráveis à mesma pois como cristãos em sociedade vivemos  para ser bênção na vida de pessoas, e ficando em casa, estamos dando uma demonstração real disso. Ninguém pode sair. Obedeça e pronto.

4+

“LIÇÕES APRENDIDAS COM O CORONAVIRUS”

*Lição  10 – Valorize as pequenas coisas

Muitas mortes e muitos infectados. Essa é a informação que mais valorizamos nesses dias. E por valorizarmos isso, ficamos assustados, chateados e sem esperança. Mas, existem outras coisas acontecendo e que podem e dever ser valorizadas também. Há gestos de vizinhos preocupados com os idosos que deve ser valorizado. Há o esforço de profissionais da saúde que deve ser valorizado. Há iniciativas de empresas, do governo e de pessoas bem intencionadas que também deve ser valorizado. E sobretudo existe a sua atitude, o seu gesto, a sua palavra de ânimo. Existe a silenciosa, mas tão importante oração que nos une, nos fortalece e traz esperança. Existe o telefonema, a mensagem de whatsapp, o oferecimento de ajuda e tantas outras pequenas coisas que devem sim ser valorizadas. Diante do caos há coisas boas acontecendo. Podem ser pequenas, mas são boas o bastante para serem valorizadas.

3+

“LIÇÕES APRENDIDAS COM O CORONAVIRUS”

*Lição  9 – comemore

Hoje é dia de comemorar o aniversário da minha querida esposa! Mas como celebrar diante de um cenário tão complicado? Nós celebraremos em casa. Sozinhos. Mas celebraremos porque a vida deve ser celebrada mais do que qualquer outra coisa. Celebraremos porque apesar de lutas nós estamos juntos. Celebraremos porque Deus é conosco e chegamos a mais um dia, mais uma semana, mais um ano. Celebraremos porque a dor não é maior do que a alegria e nem maior do que a esperança. Então, hoje é dia de celebrar. E o faremos com gratidão a Deus por mais um ano de vida. E aqui vai uma lição: a celebração pode até ser diferente, mas não deixa de ser uma celebração. As barreiras até podem existir, mas ainda assim celebraremos, como podemos, sem perder a razão de toda a celebração que é a vida de alguém que amamos. Parabéns Nívia, minha amada esposa. Grande celebração para todos nós!

4+

“LIÇÕES APRENDIDAS COM O CORONAVIRUS”

*Lição  8 – Adaptação

Aprender a se adaptar não é fácil. E se tem algo que estamos sendo obrigados a fazer é a nos adaptar. Precisamos demais disso. Rotinas novas, agenda totalmente reformulada e uma série de coisas que nunca pensamos fazer, agora estamos sendo obrigados a incluir em nossa rotina. Deus está dando a cada um de nós a oportunidade de desenvolver essa capacidade de adaptação. Ela é necessária, ainda que dura. E para ajudar nesse processo, é muito importante você e eu lembrarmos que ao nos adaptarmos estamos descobrindo potencialidades novas, desenvolvendo habilidades diferentes e manifestando nosso potencial de inovarmos. É hora de nos adaptarmos. E para incentivo, fica o exemplo do próprio Jesus Cristo que sendo Deus se fez homem, adaptando-se à humanidade, e provando que é possível sim adaptar-se e viver em plenitude diante de uma nova situação.

7+

“LIÇÕES APRENDIDAS COM O CORONAVIRUS”

*Lição  7 – Ajude alguém

Sejamos honestos: como ajudar o outro se nós mesmos estamos precisando de ajuda? Como animar alguém se estamos desanimados? Parece impossível, não é mesmo? Mas, acredite, todos podemos ajudar alguém, até mesmo quando não encontramos força para isso. Como? Permitindo que a esperança seja abundante em nós. Quando mais tivermos esperança, mais conseguiremos ajudar o outro. A Bíblia diz que Deus pode nos fazer abundar em esperança (Romanos 15:13). É com essa esperança abundante que conseguiremos seguir em frente, e mais do que isso: ajudar o outro. Encha seu coração de esperança, e você terá uma palavra abençoadora a dar, um conselho, um incentivo e até mesmo o encorajamento que muitos ao seu redor precisam receber.

8+

“LIÇÕES APRENDIDAS COM O CORONAVIRUS”

*Lição  6 – Aprenda a esperar

Mais um dia de isolamento. Quando isso irá parar? Talvez seja essa sua pergunta. E ela é muito justa. Muitos já não aguentam mais a espera, mas ela é fundamental para alcançarmos o objetivo que é o de conter o COVID-19. Nesse processo de espera se faz necessário disciplinar os pensamentos e sentimentos. E para tanto, a esperança se torna nossa companheira. É ela quem nos ajudará a olharmos para o futuro e enxergarmos o cuidado de Deus e a solução para todos esses problemas. A Bíblia diz em Romanos 8:25 que: “Se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos”. Viu a relação entre esperar e ter paciência? Tendo esperança seguiremos firmes e aguentaremos aguardar o dia tão aguardando quando diremos: “Acabou! Já podemos sair de casa…”

7+

“LIÇÕES APRENDIDAS COM O CORONAVIRUS”

*Lição  5 – Não se desanime

Diante de tantas notícias ruins é natural ser vencido pelo desânimo. Já são dias de notícias ruins, parece que nada de bom acontecerá. Mas, se mantermos esse pensamento, daqui a pouco não teremos mais qualquer energia para lidar com as situações novas e lidar com todos os problemas que ainda chegarão. O segredo é não permitir-se chegar ao desânimo. E para isso, há um conselho especial da Palavra de Deus que diz: “Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança, porque fiel é o que prometeu.” (Hebreus 10:23). Esse texto nos desafia a manter firme a nossa esperança, pois temos a certeza de que Jesus, quem promete estar conosco sempre, nos dará a força e ânimo suficientes para seguirmos em frente e superarmos todas as barreiras. Não permita que o desânimo vença você: multiplique esperança!

6+
« Older posts