(Por Guilherme Gimenez)

Quando olhamos para o futuro ficamos diante de uma série de possibilidades. E muitas delas são boas, o que nos deixa com a responsabilidade de decidir entre uma ou outra. Entre o bom e o melhor. E é aí que somos traídos por nosso perfil emocional que acaba se inclinando para algo que lá no fundo está mais adequado ao nosso perfil mas que necessariamente nem é o melhor para nossa vida. O melhor para o nosso futuro nem sempre é aquilo com o que me sinto mais confortável. E nem aquilo que me alegra mais nesse momento. O melhor para o meu futuro depende  de outros elementos como possibilidades reais, planos bem feitos e sobretudo uma direção clara que venha do Senhor. A Bíblia diz que “muitos propósitos há no coração do homem, mas o conselho do Senhor permanecerá” (Provérbios 19:21). De fato há muita coisa em nosso coração. Muitos planos em nossa mente. Precisamos de ajuda de Deus para discernir o que de fato é melhor, e como iremos desenvolver um plano de futuro que seja de fato adequado ao nosso futuro. Ouça a voz de Deus e tome as melhores decisões para o seu futuro.

+8