Guilherme Gimenez: Pastor, Professor, Teólogo e Maratonista

Autor: prGuilherme (Page 1 of 23)

DE TODO O CORAÇÃO

(Por Guilherme Gimenez)

“Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; anunciarei as maravilhas que fizeste” (Salmos 9:1)

Quando usamos a frase “de todo o coração” estamos falando de algo completo. Algo verdadeiro, íntimo, que não pode ser maculado, manchado, sofrer dolo ou engano. O relacionamento com Deus deve acontecer “de todo o nosso coração.” Deve ser tão sincero e intenso a ponto de dizermos que não temos dúvida de que é um relacionamento verdadeiro. Nada de fingimentos! Nada de superficialidade. Tenhamos um relacionamento intenso com Deus.

+3

MAJESTADE

(Por Guilherme Gimenez)

“Ó Senhor, nosso Senhor, teu nome majestoso enche a terra; tua glória é mais alta que os céus!” (Salmos 8:1)

Existem lugares tão lindos que causam uma admiração enorme para quem os visita. Um palácio, um teatro, um parque… Essa admiração acontece porque tais lugares são majestosos, são lindos, são impactantes. Mas, imagine agora alguém majestoso. Alguém capaz de criar o que existe de mais lindo ou perfeito. Alguém cuja presença cause uma admiração tão intensa a ponto de nos fazer ajoelhar ou chorar. Existe alguém assim: é Deus. Sua grandeza é absoluta e sua majestade é cativante. E, o melhor de tudo: podemos chama-lo de Pai e nos relacionar com Ele apesar de sua majestade!

+5

PERSEGUIÇÃO IMPLACÁVEL

(Por Guilherme Gimenez)

“Em ti me refugio, Senhor, meu Deus; salva-me dos que me perseguem e livra-me!” (Salmos 7:1)

Vivemos dias difíceis em que muitos tem sido perseguidos, de um modo especial pelas redes sociais. Há pessoas terríveis, que utilizam de todos os meios para nos fazer sofrer e nos prejudicar. Pode ser um colega do trabalho ou até um familiar. Pode ser um desconhecido ou um amigo de infância. Nesse clima de perseguição nós precisamos de amparo e podemos encontra-lo em Deus. Diante das perseguições Deus se oferece como nosso abrigo, nosso refúgio, e aquele que nos defende diante das acusações infundadas e da perseguição sem motivo. Que Deus cuide de seu coração diante das perseguições!

+5

MEDO

(Por Guilherme Gimenez)

“Ó Senhor, não me repreendas em tua ira, nem me disciplines em tua fúria” (Salmos 6:1)

Ser castigado é algo que deixa qualquer pessoa apavorada. Todos nós somos temerosos de sofrer castigo e não é para menos, há pessoas muito cruéis em um processo de punição. Em relação a Deus esse temor também acontece. Será que Ele nos castigará com fúria? Será que sofreremos muito se Ele nos disciplinar? O Salmista nesse texto é sincero e fala do seu temor. Nós também podemos e devemos falar de nossos temores a Deus. Não é errado admiti-los e muito menos pedir a Deus aquilo que vai em nosso coração. Está com medo? Conte para Deus. A sinceridade é fundamental para aliviar nossas percepções e temores.

+4

BOM OUVINTE

(Por Guilherme Gimenez)

Ó Senhor, ouve minhas palavras e presta atenção a meus gemidos”(Salmos 5:1)

É muito difícil para algumas pessoas admitir suas tristezas a ponto de chorar na frente de alguém. E, de certo modo, é um risco, afinal, nem todo mundo compreende bem a dor alheia. Diante de Deus nós podemos não apenas chorar por nossas tristezas mas até mesmo gemer por nossas dores. Podemos admitir nossas angústias e falar sobre aquilo que nos inquieta. Deus é um bom ouvinte, não esconda nada Dele, Ele sempre está pronto a ouvir.

+3

ANGUSTIADO

(Por Guilherme Gimenez)

“Responde-me quando clamo a ti, ó Deus que me faz justiça. Livra-me de minha angústia; tem compaixão de mim e ouve minha oração”(Salmos 4:1)

A angústia é um sentimento muito difícil. Pode ser compreendido como sofrimento, tormento, ansiedade e dor. Mas, originalmente, a palavra significa “estreitamento do espaço.” É a sensação de que estamos ficando encurralados, de que pessoas ou situações estão nos “espremendo contra a parede.” É assim que o salmista se sentia, por isso ele pede para o Senhor fazer justiça, ter compaixão de si e ouvir sua oração. Não é fácil lidar com a angústia, como você deve perceber. Mas, ir até Deus em oração e fazer o mesmo pedido – “livra-me da minha angústia” – é o início de todo processo de cura.

+3

INIMIGOS

(Por Guilherme Gimenez)

Ó Senhor, tenho tantos inimigos; tanta gente é contra mim!” (Salmos 3:1)

Uma das expressões mais tristes do livro de Salmos é essa encontrada no Salmo 3. Fico imaginando o Salmista declarando que tem muitos inimigos e que muita gente é contra ele. Talvez essa seja a sua experiência também. De fato, em alguns momentos da vida, parece que os inimigos se multiplicam e as pessoas que são contra nós brotam do chão. O que fazer? O Salmista colocou essa situação diante de Deus. Ele abriu o coração a Deus e disse exatamente como se sentia e como isso o incomodava. Tenho aprendido que quando os inimigos se levantam contra nós não devemos iniciar uma guerra com eles mas sim dobrar nossos joelhos, apresenta-los a Deus e seguir firmes na certeza de que o Senhor está conosco e isso é o bastante diante de muitos ou poucos inimigos. 

+1

FÚRIA INÚTIL

(Por Guilherme Gimenez)

“Por que as nações se enfurecem tanto? Por que perdem seu tempo com planos inúteis?”(Salmos 2:1)

Você já ficou bravo inutilmente? Imagino que sim, eu já fiquei várias vezes. Chegamos a ficar furiosos diante de uma situação que não pode ser mudada. Sofremos e fazemos os outros sofrerem de maneira inútil ao despejarmos toda a nossa fúria naquilo que vai além das nossas forças, potencial ou poder de decisão. O Salmista ao declarar “por que as nações se enfurecem tanto?” está nos fazendo lembrar que algumas situações, por piores que sejam, não devem produzir em nós fúria. Não devemos nos angustiar diante delas e nem perder o nosso tempo tentando resolve-las. Muitas questões serão simplesmente deixadas nas mãos de Deus, na certeza de que Ele está no controle e eu nada posso fazer.

+1

FELICIDADE

(Por Guilherme Gimenez)

“Feliz é aquele que não segue o conselho dos perversos, não se detém no caminho dos pecadores, nem se junta à roda dos zombadores”(Salmos 1:1)

O verbo que caracteriza a felicidade não é o “ter” mas sim o “ser”. Essa é a proposta do primeiro Salmo 1, onde a pessoa feliz é caracteriza pelas escolhas que faz, o tipo de vida que tem e as pessoas com quem se relaciona. Felicidade não se compra e nem se ganha mas sim se constrói a partir das decisões que são tomadas ao longo da vida. Felicidade também se refere ao tipo de vida que a pessoa tem, em como gerencia seu dia a dia, como entende a vida e a vive de uma maneira que combine com a sua fé. E por fim, dependendo das pessoas com quem convivo, aquelas que caminham comigo diariamente, a felicidade será encontrada ou definitivamente perdida. Esses três elementos se unem a partir de um mesmo elemento: a fé em Cristo. Jesus me ajuda na tomada de decisões, é a razão da minha vida e influencia meu modo de viver e por fim me faz nutrir relacionamentos que me abençoam. Seja feliz, e feliz com Jesus.

+3

SOBRE O SEGUIR A JESUS

(Por Guilherme Gimenez)

SEGUIR HOJE, AMANHÃ E SEMPRE

Um curso tem prazo para acabar. O mesmo para uma viagem, contrato firmado entre duas partes ou projeto. O discipulado não tem prazo, é algo que acontece hoje, amanhã e para sempre. Discípulos “são” e não “estão.” Aquele que decidiu seguir a Jesus o fez para todo o sempre. Então, se você conhece alguém que já foi mas não é mais discípulo, talvez na verdade esse nunca tenha sido, quem sabe teve um interesse por Jesus mas não chegou a experimentar aquela alegria plena de seguir a Jesus e ser chamado de discípulo Dele.

+5
« Older posts